slider1c
slider2b
slider4c

Responsabilidade Social Corporativa

Nossa Visão da Responsabilidade Social Corporativa

A visão da Responsabilidade Social Corporativa – RSC –  está intrínseca na atuação da PetroRecôncavo, a empresa acredita num modelo econômico mais inclusivo e sustentável onde a iniciativa privada detém de forças indutoras de mudanças de conceitos. Trabalhamos com uma consciência social que proporcione o bem estar e desperte nas pessoas suas possibilidades como indivíduos e cidadãos. Atuamos no âmbito interno com os nossos colaboradores, fornecedores, superficiários e organizações ligadas as nossas atuações, e no âmbito externo, além de algumas atuações pontuais, estruturamos nosso foco de atividades no Projeto Social Ciranda Viva Recôncavo, voltado para três comunidades rurais do município de Catu o qual atuamos em parceria com a Associação dos Voluntários para Serviços Internacionais (AVSI) – Brasil.

Modalidades de Atuação

AMBIENTAL

A PetroRecôncavo é uma empresa responsável com seus princípios ambientais, executando os procedimentos das nossas atividades dentro das normas e legislações no âmbito Municipal, Estadual e Federal:

  • Processo de licenciamento ambiental para estudo de viabilidade econômica (perfuração de poços) e outras atividades;
  • Programa de gerenciamento de resíduos;
  • Educação ambiental para colaboradores, contratados e comunidades em torno das nossas instalações;
  • Atendimento a emergências ambientais;
  • Recuperação de áreas degradadas;

SEGURANÇA

A Segurança e Saúde Ocupacional ocupam lugar de destaque dentre todas as atividades exercidas na empresa. A promoção a saúde e integridade física dos nossos colaboradores e terceiros são de suma importância para o desenvolvimento das nossas atividades. O SG-SSMS proporciona a aplicabilidade das nossas normas e procedimentos e contribui para a prevenção dos riscos através de treinamentos e desenvolvimentos dos nossos colaboradores, comprometendo-os e motivando-os nas questões de SSMS.

FORNECEDORES E CONTRATADAS

PetroRecôncavo veda terminantemente a contratação de empresas que contratem funcionários menores de 16 anos em qualquer trabalho, exceto na condição de aprendiz, a partir de 14 anos e ainda que contratem funcionários menores de 18 anos em atividades noturnas, perigosas ou insalubres.

  • Não utilizar mão-de-obra escrava ou submeter seus empregados a trabalho forçado, observando rigorosamente ao disposto no artigo 149 do Código Penal, bem como ao que dispõe a Declaração Universal dos Direitos Humanos de 1948 da Organização das Nações Unidas e a Convenção nº 29/1930, sobre a Abolição do Trabalho Forçado ou Obrigatório da Organização Internacional do Trabalho.
  • Observar ao disposto no artigo 7º, inciso XXXIII, Constituição Federal Brasileira, obrigando-se a não explorar qualquer forma de mão-de-obra infantil e a evitar, de todos os modos, a contratação, a aquisição de produtos e serviços de pessoas físicas ou jurídicas que explorem, direta ou indiretamente, o trabalho infantil em qualquer localidade.

CÓDIGO DE CONDUTA

A empresa possuí o documento de código de conduta que é seguido e respeitado.

OBJETIVOS DO CÓDIGO DE CONDUTA

  • Ser uma referência, formal e institucional, para a conduta pessoal e profissional de todos os empregados da PetroRecôncavo, independentemente do cargo ou função que ocupem, de forma a tornar-se um padrão de relacionamento interno e com os seus públicos de interesse: acionistas, clientes, empregados, sindicatos, parceiros, fornecedores, prestadores de serviços, concorrentes, sociedade, governo e as comunidades onde atua.
  • Viabilizar um comportamento ético pautado em valores incorporados por todos, por serem justos e pertinentes.
  • Reduzir a subjetividade das interpretações pessoais sobre princípios morais e éticos.
  • Fortalecer a imagem da PetroRecôncavo e de seus empregados junto aos seus públicos de interesse.

Baixe aqui o PDF do Código de Conduta  da empresa

COMUNITÁRIA

As atividades da empresa acontecem espalhadas em uma vasta área ao ar livre e alguns casos dentro de comunidades ou vilas, desta forma estamos diretamente ligados à algumas comunidades onde encontramos um alto índice de pobreza, miséria, analfabetismo e falta de acesso à educação. Dentro desse contexto, assumimos nossa responsabilidade como agente transformador e iniciamos em 2013 nossa atuação na dimensão externa com o objetivo de minimizar os problemas encontrados, de forma a promover o desenvolvimento sustentável sem ser assistencialista ou pontualista, e sem assumir o papel do Estado. Assim surgiu o CIRANDA VIVA RECÔNCAVO, um projeto social que atua com as comunidades de Pedras, Flechas e Veadinho – Catu/BA com o objetivo de auxiliar as comunidades a se desenvolverem de forma sustentável, resgatando e valorizando sua cultura e identidade e evitando o crescimento desordenado.